PUBLICIDADE
'Trailer da Vacina’ vai ampliar imunização em Pelotas
15/12/2021 10:11 em Últimas Notícias

Com o objetivo de ampliar a cobertura vacinal em Pelotas, a Prefeitura realizará, a partir desta quarta-feira (15), ações com um trailer itinerante em vários pontos da cidade. O “Trailer da Vacina” busca facilitar o acesso e estará ao longo da semana em pontos estratégicos para captar pessoas que, por algum motivo, ainda não buscaram as proteções. Além das aplicações contra a Covid-19, estarão disponíveis imunizantes como da GripeHepatite BTríplice Viral e dT (Difteria e Tétano), para toda a população adulta.

No primeiro dia de ação, o veículo estará em frente ao Mercado Central, no Centro, das 9h às 17h. A Secretaria Municipal de Saúde destaca que ainda há um número significativo de pessoas que não compareceram para completar o esquema vacinal e pede para que a população busque a proteção. "É fundamental que o maior número de pessoas esteja com a imunização completa. Os pontos itinerantes foram pensados em locais e dias estratégicos para contemplar cada vez mais pessoas e, assim, combater o vírus em nossa cidade", alertou a diretora da Vigilância em Saúde, Aline Machado da Silva.

O ponto itinerante é uma ação conjunta entre as secretarias de Saúde e de Transporte e Trânsito. Para deixar a carteira de vacinação em dia, é necessário apresentar a documentação exigida para cada situação. 

Confira o cronograma do trailer 

Das 9h às 17h

* Quarta-feira (15) - Mercado Central - Centro 

* Quinta-feira (16) - Av. Ildefonso Simões Lopes, esquina com Av. Salgado Filho -Três Vendas

* Sexta-feira (17) - Av. Duque de Caxias, 1103 (próximo ao Nicoli)- Fragata

* Sábado (18) - Av. Antônio Augusto Assumpção (ao lado da Casa de Praia - SESC) - Laranjal

* Domingo (19) - Av. Antônio Augusto Assumpção (ao lado do trapiche) - Laranjal

* Segunda-feira (20) - Av. Theodoro Muller, 2420A (próximo à Pista de Skate) - Guabiroba

* Terça-feira (21) - Av. Bento Gonçalves, esquina com Av. Jk de Oliveira - São Gonçalo

* Quarta-feira (22) - Praça Nova República esquina Pedro Machado filho (Praça da Perret) - Ambrosio Perret

* Quinta-feira (23) - Rua Luiz Alves Pereira entre Iseus Barbosa Prata e Vicente Martis Real - Vasco Pires

* Segunda-feira (27) - Rua General Osório, 51 - Lot. Barão de Mauá

* Terça-feira (28) - Rua Albuquerque de Barros, 650 - Cerquinha

* Quarta-feira (29) - Rua Abrilino Ferreira Cardoso, 2976 - Sitio Floresta

* Quinta-feira (30) - Av. Zeferino Costa próximo ao 2522 - Lot. Eldorado

Imunizantes disponíveis para pessoas com 18 anos ou mais

- Influenza (Gripe) 

- Tríplice Viral 

- Hepatite B

- dT (Difteria e Tétano)

O objetivo desta ação é oportunizar o acesso às vacinas que fazem parte do Calendário Nacional, do público adulto, por isso, para estes imunizantes, é necessário apresentar a carteira de vacinação para que o profissional faça a avaliação da situação vacinal. 

Documentação necessária vacina contra a Covid-19

Para 1ª e 2ª dose:

- comprovante de residência; 

- documento de identidade;

- Cartão SUS ou CPF; e 

- carteira de vacinação para comprovar a primeira dose (para quem vai receber a segunda). 

Para 3ª dose:

Pessoas com 18 anos ou mais 

- documento de identidade; e, 

- carteira de vacinação para comprovar as duas doses ou esquema vacinal completo, com cinco meses de intervalo desde a última aplicação.  

Imunossuprimidos:

- documento de identidade; 

- carteira de vacinação; e 

- novo atestado-padrão, confeccionado pela Prefeitura, que está disponível no site do coronavírus. 

Informações da SMS

A SMS esclarece que, como regra, todas as vacinas recomendadas no Calendário Nacional de Vacinação podem ser aplicadas no mesmo dia. Sendo assim, não é mais preciso aguardar o intervalo mínimo de 14 dias entre a aplicação do imunizante contra a Covid-19 e qualquer outro do calendário. 

Importante relembrar que continua a orientação às pessoas que apresentarem sintomas gripais de não comparecer na data marcada. O mesmo vale para quem tiver positivado para o coronavírus. É necessário aguardar 30 dias do início dos sintomas para receber a aplicação.

Por Carolina Drumont/Prefeitura de Pelotas

COMENTÁRIOS